Reflexões / Matutações

Esperando Pentecostes...

31/05/2017

Esperando Pentecostes...

Encontrei algumas anotações de textos que me ajudaram e ajudam na oração na “vigília” de Pentecostes. Textos que encontrei em livros e anotações de “retiros e experiências de oração” ao longo deste caminho. Alguns com a forca que faz “rachar os cedros do Líbano”, como costuma dizer o frei Raniero Cantalamessa.

 Em 1968, no Conselho Ecumênico das Igrejas, D. Ignatios de Lattaquié:

Sem o Espírito Santo, Deus está longe,

Cristo permanece no passado, o Evangelho é letra morta,

a Igreja é uma simples organização, a autoridade é um domínio,

a missão é uma propaganda, o culto uma evocação, e o agir cristão é uma moral de escravos.

 

Mas nele: o cosmos, é soerguido e geme no parto do Reino,

Cristo ressuscitado está aí, o Evangelho é poder de vida ,

a Igreja significa a comunhão trinitária, a autoridade é um serviço libertador,

a missão é um Pentecostes, a liturgia é memorial e antecipação,

o agir humano é deificado.

 

Em 1956, Monsenhor Lucien Cerfaux, em “A comunidade apostólica”, escreveu:

Quando o furacão do Pentecostes amainou e as línguas de fogo se desvaneceram, os rostos extasiados dos primeiros cristãos, translúcidos à luz sobrenatural, exprimiram algo do mistério que se havia realizado. Ao mesmo tempo, sua boca “profetizava” e cantava “em línguas” o poder de Deus. Assim Moisés ao descer do Sinai, assim Cristo da Transfiguração, assim Estêvão “cujo rosto era como aquele de um anjo”, assim mais tarde Policarpo e os mártires de Lião. O Espírito Santo é luz é é sabedoria.

O Espírito Santo completa os “cristãos”. Aqueles de Jerusalém tinham vivido com Cristo, e continuaram “imperfeitos” até o dia do Pentecostes. Só então receberam a suprema consagração cristã. Até aí haviam tentado, canhestramente, imitar seu Mestre; o Espírito, no dia de Pentecostes, acabou o quadro. Às vezes, Rubens arrancava o pincel da mão de um aluno e, sobre as linhas hesitantes, fazia passar o sopro da vida...

Vinde Espírito Santo, enchei o coração de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso amor...

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


O essencial na vida cristã - 23/10/2017

A maturidade cristã - 20/10/2017

O farisaísmo é “um caminho segundo a carne” - 18/10/2017