Reflexões / Matutações

Ninguém é feliz todos os dias!

30/03/2017

Abri meus e-mails e encontrei um desabafo, de alguém que dizia que tudo estava dando errado, o pequeno, de 3 anos, não obedecia, que não adiantava o esforço... enfim, estava “crescendo”... Lembrei-me de um texto, que li em algum lugar, que matutava sobre situações semelhantes e, tomando carona, de memória, portanto não literalmente, respondi...

 Ninguém é feliz todos os dias! Há dias que nos levantamos, mas tudo em nós gostaria de ter ficado na cama. Há dias que nossos corações parecem estar nublados, somente nuvem, chuva e frio.

 Sentimo-nos desanimados, achando-nos o pior de todos os mortais. Parece que todos são contra e que o mundo não é nosso lugar... Dias de fastio e certa náusea da vida, um enjoo da existência. Tudo fica muito chato, mais difícil, o novo tornar-se velho, a alegria se despedaça em fragmentos de tristeza, parece que a felicidade escorreu pelo ralo...

 Você sabe exatamente do que estou falando. É sempre assim, somos mais capazes de compreender a dor ou a alegria quando passamos por elas. Contudo, esteja como estiver o seu dia hoje, é bom lembrar que “Deus nos ama” e por isso quer o melhor para nós!

 Existe dentro de nós uma imensa sede de felicidade e bem-estar. Tudo quanto fazemos na vida, desde o mínimo detalhe, até a coisa mais complicada, é em busca desta felicidade. Daí nossa dificuldade de lidar com esses dias nos quais a felicidade parece ter desaparecido.

 Buscamos a felicidade, mas este não é o primeiro desejo de Deus para nós! Nos dias infelizes, e não são poucos, Deus quer o nosso crescimento. Este é seu primeiro desejo! Isto não significa que Deus não queira nossa felicidade, Ele quer que aprendamos que a felicidade é uma consequência de nosso crescimento.

 Crescer, desenvolver nossa maturidade, desenvolver nosso potencial, este é o desejo de Deus para mim e para você. Sem crescimento não haverá felicidade. Se não crescermos, viveremos como crianças desfrutando das pequenas alegrias que os nossos brinquedos nos dá, mas jamais experimentaremos a real felicidade que vem d’Ele.

 Todo crescimento passa pela dor. A dor é o sinal, é o prenúncio de uma nova experiência, é o grito de um nascimento. Sem dor não haverá crescimento, sem crescimento, novamente, não haverá felicidade.

 Neste dia quem sabe de dores, você pode não estar se sentindo feliz, mas você pode estar crescendo. Saiba que apesar das dores de hoje, o crescimento virá e com ele a felicidade que você tanto quer.

 Creia, Deus ama você!

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


O essencial na vida cristã - 23/10/2017

A maturidade cristã - 20/10/2017

O farisaísmo é “um caminho segundo a carne” - 18/10/2017