Reflexões / Matutações

Por que desanimar e nos deixar abater?

05/12/2017

No final do encontro, alguém me disse que iria, quando tivesse tempo e oportunidade, buscar “acertar-se com Deus”. Mas que não iria fazer isso de imediato, pois sabia que cairia de novo... De fato, somos cercados por perigos - 2Cor 4,8 e corremos o risco do pecado. É preciso converter-se e voltar à vida da graça. Por que desanimar e nos deixar abater?

 Fiquei matutando que muitas vezes permanecemos de braços cruzados, refletindo sobre nossos pecados, mas sem tomar alguma atitude que mude tal situação! Muitos santos também pecaram, e até gravemente: Davi, Pedro, Agostinho... Mas não permaneceram abatidos, levantaram-se e tornaram-se mais santos do que antes! Não se deve perder a esperança e desanimar diante do pecado. O pecado é redimido no sangue de Cristo, basta reconhecer-se pecador e ter o propósito de não voltar a esse estado e, contando com a graça, aplicar os meios de perseverança.

 A armadilha do "inimigo da natureza humana" é nos fazer pensar que "isso pode esperar" ou "não tem jeito mesmo"... Se fosse verdade que quem peca não pode recuperar-se jamais, poucos entrariam no Paraíso. Mas acontece o contrário. Conhecemos a vida alguns santos que caíram em pecado, mas não permaneceram neste estado, converteram-se. O Maligno articula para impedir nossa conversão. Ele sabe muito bem que quem começa o caminho rumo à santidade, a partir da conversão sincera, não será impedido, pois que a graça será abundante.

 Deus manifesta, com generosidade, sua bondade logo que uma pessoa dá os primeiros passos, ainda imperfeitos, no caminho da conversão. Não rejeita o coração contrito, mas derrama abundantes graças para que possa perseverar. Adiar as decisões que nos levam de volta para o caminho de Deus, “dar tempo ao tempo”, é sempre algo muito perigoso quando se trata da conversão do pecado a Cristo.

 “Não digas ‘pequei, e que de mal me aconteceu?’, pois o Altíssimo é um retribuidor paciente. Não percas o temor por causa do perdão, acrescentando pecado a pecado... Não demores em voltar para o Senhor e não adies de um dia para outro”... – Eclo 5,4.

 Por isso é perigoso adiar a conversão. Por isso, o Senhor nos exorta à conversão sem perda de tempo. A bondade de Deus nos convida à conversão – Rm 2,4...

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


O conteúdo do Natal nos Padres da Igreja - 14/12/2017

Perdemos o senso do Natal! - 13/12/2017

Dia de Nossa Senhora de Guadalupe - 12/12/2017