Reflexões / Matutações

Noite da alma

22/09/2017

Noite...

Pesadelos assaltam meu sono.

Meus ossos doem,

Ameaças são feitas.

Temo não resistir,

Sucumbir...

Minha dor são perguntas:

Qual o sentido, por quê?

Ausência de respostas, sofrer...

Padecer...

Vozes se espalham em meu quarto;

Sombras e vultos se movem;

Promessas vãs e mentiras...

Avançam sobre mim os medos...

Medo...

Escondo-me no canto da cama,

Por socorro grito em minha dor,

Vem pronto o auxílio.

Combate o Herói que venceu.

Vencer...

Amanhece,

A manhã fura a veneziana,

A luz expulsa a noite,

Promessa e esperança.

O dia chega enfim!

Vencemos... 

Autor: Tácito Coutinho, Tatá, Moderador do Conselho da Comunidade

Deixe seu comentário

Últimas


E como crerão naquele que não ouviram? - 12/01/2018

Você faz alguma coisa ou só prega? - 11/01/2018

Mundo de informações... podemos filtrar o que é bom? - 10/01/2018