Reflexões / Matutações

Se creres, verás a Glória de Deus

25/07/2017

Dia desses, lendo a ressurreição de Lázaro, um pedaço de versículo “pulou do texto”: "Se creres, verás a Glória de Deus” – Jo 11,40. E Marta viu a glória de Deus quando Lázaro saiu do túmulo...

 Fiquei matutando... Deus é glorificado quando opera de maneira prodigiosa Quando Jesus curava as pessoas, expulsava os demônios e ressuscitava os mortos, os homens viam de maneira inegável, a glória de Deus. E hoje como precisamos que a glória de Deus seja vista... Queremos uma vida vivida sob o poder de Deus. Queremos que Deus aja de maneira perceptível em nosso meio. Queremos ver a glória de Deus nas nossas próprias vidas! Queremos que Deus seja glorificado entre os homens.

 A chave para vermos a glória de Deus é a fé. Se tivermos fé, veremos sinais e prodígios acontecendo em nossas vidas e através de nós! Se tivermos fé, veremos Deus agir de um modo que nunca ousáramos esperar. Às vezes pensamos que a fé é somente um conjunto de doutrina e de verdades reveladas, mas também é poder de Deus: “quem crê em mim fara as obras que eu faço e fará ainda maiores que estas”! – Jo 14,12.

 Pela fé o Espírito vive em nós e atua através de nós. Frequentemente, demasiado frequentemente, nossa atitude em relação a Deus é a de resignação estoica, atribuímos à vontade de Deus, tudo o que nos acontece e julgamos ser impossível mudar alguma coisa.

 Pensando assim deixamos escapar duas coisas. A primeira é que Deus já nos disse o que Ele quer. Ele já nos mostrou o que é que o agrada e o que é que ele quer fazer. Portanto, a partir do que Ele já nos disse, podemos afirmar que muitas das coisas que nos acontecem não são queridas por Deus. Às vezes é até mesmo o resultado da atividade de Satanás. Podemos também afirmar que há coisas que deveriam estar nos acontecendo, e não estão.

 A segunda coisa que deixamos escapar, é que Deus quer que lhe peçamos as coisas, as coisas de que precisamos, ou que nos foram prometidas por Ele. Ele não nos quer passivos e resignados. Ele nos quer impacientes e sedentos por conhecê-Lo, ansiosos por experimentar a sua presença, desejosos de ver a sua glória. Quer que tenhamos fome de ver sua Glória!

 A vida de fé nos diz que Ele “tem o poder de realizar, por sua força agindo em nós, infinitamente mais que tudo que possamos pedir ou pensar” – Ef 3,20.

 Estamos na mesma situação do servo de Eliseu - 2Rs 6,1. Estamos cercados pelo poder de Deus, por exércitos de anjos e santos, e uma vez que virmos isso, perceberemos que não dependemos somente de nossos próprios recursos pessoais para viver a vida cristã...

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


O essencial na vida cristã - 23/10/2017

A maturidade cristã - 20/10/2017

O farisaísmo é “um caminho segundo a carne” - 18/10/2017