Reflexões / Matutações

Semana Santa... Ultima Ceia

12/04/2017

Semana Santa

 "Ardentemente desejei comer convosco esta ceia pascal, antes de padecer" – Lc 22,15. Assim Jesus começou a “Ultima Ceia”, quando instituiu a Santa Eucaristia. No desejo de Jesus, podemos reconhecer o desejo do próprio Deus: o seu amor pelos homens, pela sua criação... O amor que quer atrair os homens a si.

 Jesus desejava ansioso “àquela hora” e decididamente caminhou para ela. Esperou aquele momento de fazer-Se um só com os seus, para transformá-los e inaugurar assim a transformação do mundo.

 As palavras da transubstanciação são palavras de oração:Jesus transforma a sua Paixão em oração, em oferta ao Pai pelos homens. Esta transformação do seu sofrimento em amor transforma também os dons, nos quais Jesus Se dá a Si mesmo. Por esses dons, nós e o mundo, somos transformados.

 “O objetivo próprio e último da transformação eucarística é a nossa transformação na comunhão com Cristo. A Eucaristia tem em vista o homem novo, com uma novidade tal que assim só pode nascer a partir de Deus e por meio da obra do Servo de Deus” – Bento XVI.

"Desejei ardentemente comer convosco esta Páscoa". E nós, temos verdadeiramente desejo d’Ele? Sentimos, no nosso interior, o impulso para O encontrar? Ansiamos pela sua proximidade, por nos tornarmos um só com Ele, dom que Ele nos concede na Eucaristia? Ou somos indiferentes, preocupados com outras coisas?

 “Senhor, Vós tendes desejo de nós, de mim. Tendes desejo de nos fazer participantes de Vós mesmo na Sagrada Eucaristia, de Vos unir a nós. Senhor, suscitai também em nós o desejo de Vós. Amém”! – Bento XVI.

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


Conversão - 15/12/2017

O conteúdo do Natal nos Padres da Igreja - 14/12/2017

Perdemos o senso do Natal! - 13/12/2017