Reflexões / Matutações

Ramos

10/04/2017

 Jerusalém é a cidade do Messias e o Senhor Jesus, ao passar por seus portões, de modo solene, realiza a esperança de Israel e do mundo! Cantamos: “Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana no mais alto dos céus”! Em Cristo se manifesta o Reino de Deus!

 O Messias não vem como rei arrogante em cavalo de guerra; vem montado num humilde jumento, sinal de serviço e doação que é o seu poder! Ele vem como manso e humilde servo! Esse escândalo que Israel não suporta! Esse é o escândalo que o mundo não suporta! Queriam um Messias que fosse Rei que se impusesse pela força e domínio, mas Aquele que vem é um servo humilde e frágil!

 Os pensamentos de Deus não são os nossos! Conseguiremos compreendê-los? Seguir o Cristo em procissão é estar dispostos a aceita-lo como Messias que tem como trono a cruz e como coroa os espinhos! Segui-lo pelas ruas é comprometer-se a segui-lo pela vida! Caso contrário, a liturgia não passa de um teatro vazio...

 Caminhamos com Jesus e o aclamamos: Hosana Aquele que vem! Quando a cruz e suas dores vierem e os espinhos ferirem nossa vida, tomemos os ramos que neste domingo levamos em nossas mãos e recordemos que nos comprometemos a seguir o Cristo até a morte e morte de cruz, para chegarmos à Páscoa da Ressurreição!

 Uma santa Semana Santa!

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


O farisaísmo é “um caminho segundo a carne” - 18/10/2017

O fermento dos fariseus - 17/10/2017

Os tempos atuais não são fáceis.. - 16/10/2017