Reflexões / Matutações

O objeto da fé não é um “mestre” que tem um conhecimento.

31/01/2017

Estava preparando uma formação quando li: “o objeto da fé não é uma doutrina, pois assim o relacionamento com Deus seria intelectual e não existencial” – Thomas Merton.

 Fiquei matutando... O objeto da fé não é um “mestre” que tem um conhecimento, pois se assim fosse o conhecimento seria mais importante que o “mestre” e o relacionamento seria somente intelectual, sem envolvimento. Mas o objeto da fé é a realidade do “Mestre” com o qual estabeleço uma relação afetiva e vital! Que implica a vida inteira. Pois a resposta da fé não se dá em relação a uma doutrina, se ela é verdadeira ou não; a resposta da fé se refere a um fato: Jesus Cristo, Deus feito homem.

 “O cristianismo não é uma doutrina sobre a revelação de Deus em Jesus Cristo” – Bento XVI. Com efeito, se o cristianismo fosse só uma doutrina, então a relação para com ele não seria a da fé, pois para uma doutrina, só existe a relação intelectual. Penso que esse engano é que tem levado muitos ao abandono do cristianismo, ou por não entenderem a doutrina, ou por não encontrarem nela, a doutrina, as explicações para a vida que buscam. Penso também que por isso vemos muitos clérigos celebrando sem paixão e servindo como se serve numa empresa. Por isso vemos também muitos cristãos se tornarem devotos sem vida interior, reduzindo a prática da fé ao cumprimento de regras e deveres.

 O cristianismo é o relacionamento com Deus que se revela em Jesus Cristo. A fé é uma resposta e se expressa neste relacionamento. Trata-se, fundamentalmente, de acolher a Palavra viva de Deus, com um coração aberto; de acolher, agradecidos, o amor incondicional de Deus; de acolher o grande Dom que é o Espírito Santo... Acolher, receber, relacionar, deixar-se tocar por Deus, desconcertante e imprevisível, dado que é Amor.

 O cristianismo, como resposta de fé e, portanto, uma maneira de viver, exige o discernimento e a audácia de se deixar conduzir pelo Espírito. Na medida em que o dom de Deus, o Espírito de Deus, é acolhido pela pessoa, vai-se desenvolvendo nela a existência cristã. O ponto de partida da fé cristã é o encontro com a pessoa de Jesus Cristo. Ele é o caminho, a verdade e a vida - Jo 14,6. Assim, o cristianismo fundamenta-se na opção e na pratica de Jesus. A vida em Cristo faz do cristão uma nova criatura, sinal de Deus no mundo.

 

A fé implica adesão à pessoa de Jesus Cristo e está vinculada ao seguimento e seguimento supõe relação, envolvimento, encanto e paixão.

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


Conversão - 15/12/2017

O conteúdo do Natal nos Padres da Igreja - 14/12/2017

Perdemos o senso do Natal! - 13/12/2017