Reflexões / Matutações

Não vos preocupeis com coisa alguma

19/01/2017

“Não vos preocupeis com coisa alguma, mas, em toda ocasiões, apresentai a Deus os vossos pedidos, em orações e súplicas, acompanhadas de ação de graças. E, a paz de Deus que supera todo entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos no Cristo Jesus” - Flp 4,6.

 Muitas vezes ficamos infelizes, desanimados e algumas vezes até deprimidos. Qualquer que seja a causa do desânimo, uma coisa é certa, “a paz de Deus que supera todo entendimento” não é um produto de circunstâncias externas. Ainda que pareça que possuímos todos os elementos que produzem felicidade, humanamente falando, podemos continuar infelizes.

 Provavelmente conhecemos cristãos que aparentemente não têm razão para estar felizes, porém parecem estar sempre genuinamente felizes. Conhecemos a vida dos mártires, cristãos que foram perseguidos e torturados, todavia estavam alegres apesar de estarem sofrendo. Eu creio que existe uma diferença significativa entre o que definimos como felicidade e o que a Bíblia chama alegria.

 Normalmente pensamos na felicidade como o oposto à dor e ao pesar, porém a alegria não é assim porque pode experimentá-la apesar da dor! Paradoxo? Podemos sentir alegria apesar das circunstancias externa, pois ela pode nos fortalecer e enriquecer mesmo nas provações da vida. A alegria fruto do Espírito Santo, aliás, o primeiro do amor - Gl 5,22.

 A alegria cristã não é uma felicidade externa baseada em sentimentos que temos hoje e que desaparecem no dia seguinte, é um dom baseado na experiência de nascer de novo; vem do caminhar diário com Cristo Jesus! A alegria cristã vai mais além da simples felicidade. Quando estamos em Cristo, sua alegria está sempre nas nossas vidas, quer “na penúria ou na abundância”, pois tudo podemos naquele que nos dá força  - Flp 4,12.

 Temos alegria porque só Deus pode fazer o que nós não podemos. Só Ele pode suprir as necessidades mais profundas de nossas almas, pois só Ele pode nos dar uma nova vida em Cristo, por Seu Espírito Santo que é derramado em nossos corações - Rm 5,5. Isso é ter “a paz que supera todo o entendimento”.

 Existem momentos quando estamos desanimados, em que nos encontramos sós, ou quando alguém nos atraiçoa ou nos menospreza. Porém, nada e ninguém podem nos tirar aquilo que Deus nos dá: seu Espírito Santo e por Ele sua paz e alegria!

 Alegrai-vos sempre no Senhor! Repito, alegrai-vos! - Flp 4,4.

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


O essencial na vida cristã - 23/10/2017

A maturidade cristã - 20/10/2017

O farisaísmo é “um caminho segundo a carne” - 18/10/2017