Reflexões / Matutações

Vida Interior

06/09/2016

O cristianismo exige “a vida interior”. O cristão necessita escutar em profundidade o apelo divino a respeito de sua vida. Jesus falou explicitamente desta necessidade e ensinou os seus discípulos a se colocarem em atitude orante. (Lc 11, 1-13). No Evangelho de Lucas, chega mesmo a dizer que "dará o Espírito Santo aos que o pedirem" (v. 13).

Assim como o homem tem necessidade da comida para sobreviver, o cristão deve sentir necessidade de um alimento substancial que o refaz em cada novo dia. Este alimento é a oração. Não se trata aqui somente das orações formais que muitas vezes rezamos maquinalmente. Trata-se de colocar toda a minha pessoa e especialmente minha interioridade, o "coração" (sentimentos mais profundos e decisões livres), num relacionamento de pessoa a pessoa com o Deus que me ultrapassa.

A oração é a escuta da Palavra de Deus, onde aceitamos ouvir o que Deus nos quer dizer a respeito de Sua Vontade. E uma atitude de entrega pessoal ao Deus da revelação, que tudo faz por nós (Is 43, 4-5). Na oração colocamo-nos diante de duas realidades: a de Deus e a nossa. Na realidade divina, plano do Amor. Na nossa realidade, o homem limitado e contingente. A nossa oração será então, a do "convertido" isto é, daquele que procura colocar toda esperança na Sabedoria de Deus. É uma redescoberta gratuita, uma experiência de fé!

(Ainda sobre a Oração)

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


O farisaísmo é “um caminho segundo a carne” - 18/10/2017

O fermento dos fariseus - 17/10/2017

Os tempos atuais não são fáceis.. - 16/10/2017