Reflexões / Matutações

Pentecostes

05/08/2016

O Espírito Santo é como fogo de fogueira incandescente; chama que ilumina e queima; que purifica e dá vida; que infunde calor e faz falar...; que faz falar como Ele quer, profetizar aquilo que Ele põe na mente, no coração, nos lábios. E tudo isso, a fim de proclamar o testemunho sobre Jesus: "O Espírito Santo descerá sobre vós e dele recebereis a força. Sereis então minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra".

O Pentecostes não passa! É sempre atual na Igreja. A razão disso é porque Jesus não passa. Uma vez estabelecido na glória do Pai, "Jesus Cristo é o mesmo, ontem e hoje; ele o será para a eternidade!" (Hb 13,8).

Pentecostes é a culminação da obra salvífica cujo autor é o Deus Trino e Uno: Pai, Filho, Espírito Santo.

Pentecostes é a culminação perene da Páscoa do Senhor: "Deus constituiu Senhor e Cristo a esse Jesus que vós crucificastes". "Este mesmo Jesus, ressuscitou-o Deus. E agora, exaltado pela direita de Deus, recebeu do Pai o Espírito Santo, objeto da promessa, e o derramou. É isto o que vedes e ouvis". (lendo Atos 1 e 2).

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


O farisaísmo é “um caminho segundo a carne” - 18/10/2017

O fermento dos fariseus - 17/10/2017

Os tempos atuais não são fáceis.. - 16/10/2017