Reflexões / Matutações

Os valores da sociedade

12/07/2016

As notícias diárias chamam atenção para a perda de valores na nossa sociedade que está diretamente ligada a perda do sentido de Deus, soberano e inapelável referencial moral da humanidade. O nosso déficit moral é evidente e para o cristão fica mais claro quando confronta a realidade social com o Evangelho, que é verdade, justiça e amor.

Qual o remédio para isso? A capacidade de indignar-se e de denunciar, a mobilização da opinião pública? Também! Mas, sobretudo, a convicção que o Evangelho é o critério de nossas escolhas e valores. E isso se aplica ao voto que pode ser expressão e instrumento do desejo de mudança e de efetivação da mesma, pela fé.

Um cristão não pode se portar na política como se o Evangelho não existisse e que ilumina a vida pessoal e da sociedade. Não podemos achar que a política não precisa da “Boa Notícia”. Nossa fidelidade a Cristo nos impede que nos conformemos com o mal e nos impulsiona a procurar meios para uma sociedade justa e de dirigentes mais dignos. Religião não é ópio, fé não é alienação, é força transformadora e libertadora. 

Autor: Tácito Coutinho - Tatá - Moderador do Conselho da Comunidade Javé Nissi

Deixe seu comentário

Últimas


Conversão - 15/12/2017

O conteúdo do Natal nos Padres da Igreja - 14/12/2017

Perdemos o senso do Natal! - 13/12/2017